Putin ataca Obama e Democratas por serem “perdedores”, e envia a Trump uma “Carta de Natal agradável”

O Presidente Russo Vladimir Putin criticou novamente a administração dos Estados Unidos e os democratas, chamando-os de "perdedores" por culpar seus fracasos em "fatores externos".

jn9ALd0.jpg

Imagem de: Soda Shoppe Merry Christmas / Bellinvito

O Presidente Russo Vladimir Putin criticou novamente a administração dos Estados Unidos e os democratas, chamando-os de "perdedores" por culpar seus fracasos em "fatores externos".

Putin disse que as coisas estão tão ruins para o partido democrata que até se "esqueceram do significado do seu próprio nome", e acrescentou a observação de que o partido do presidente Barack Hussei Obama está perdendo em todas as frentes e que os seus líderes estão à procura de outras coisas para culpar. Putin avaliou que os democratas "degradaram a sua própria dignidade" como resultado.

As palavras de Putin ainda estão à espera de resposta às acusações implacáveis do governo de Obama de que a Rússia interferiu com a eleição presidencial dos EUA para favorecer o republicano Donald John Trump. Putin aproveitou a oportunidade na sua mais recente conferência de imprensa para negar novamente as alegações de hackers e interferência eleitoral supostamente empreendidas pela Rússia. "Tudo isto fala dos problemas sistêmicos da atual administração", afirmou Putin.

O que Putin admitiu abertamente, que no entanto, é na confiança que sempre teve para Trump desde do início, mesmo durante a campanha, quando ninguém acreditava nele e com um bom humor, acrescentou "Exceto tu e eu". Ele elogia Trump por entender o humor do povo e por estar determinado a vencer até ao fim.

Putin também expressou sua disposição para visitar os EUA sob a administração de Trump, se o 45º Presidente da América estendesse um convite a ele, como Moscovo aguarda com expectativa a "normalização" dos laços entre EUA e Rússia sob Trump, particularmente na segurança e nas esfericas economicas.

O líder russo também esclareceu que Moscovo não está interessado em envolver os EUA em uma corrida armamentista seguindo os pronunciamentos de Trump e ele, respectivamente, sobre a expansão das capacidades nucleares dos seus países. Putin admitiu que os EUA são muito mais superiores em sua força militar e armamentista, e que a Rússia está mais preocupada com outros agressores externos, e não com os EUA.

Enquanto isso, Trump retornou a boa vontade ao reagir positivamente à carta de Natal que Putin enviou a Trump. Trump o chamou de "uma carta muito agradável" e concordou com os pensamentos de Putin por ser tão "correto". Na carta, Putin ressalta uma vez mais suas esperanças de os EUA e a Rússia agirem de maneira "construtiva e pragmática para garantir a estabilidade e segurança do mundo".

Trump ecoou os sentimentos de Putin sobre o seu interesse em construir uma melhor cooperação bilateral e novo nível de relações EUA-Rússia como ele também deseja para ambos os lados para ser capaz de "viver de acordo com os pensamentos, e não temos que percorrer um caminho alternativo .

Um Feliz Natal e um Feliz Ano Novo Para Todos!

GT5W9ef.jpg

Imagem de: Merry Trumpmas! / SKJULTSTER

Denunciar conteúdo

Tem algo a dizer? Esse é seu momento.

Se quer receber notificações de todos os novos comentários, deve entrar no Beevoz com o seu utilizador. Para isso deve estar registado.