A grande cartada, que fechou com xeque mate.

  • 20/05/2018
  • 0

Xeque mate, onde a estratégia, e cronometrada e seguida em todos os seus parâmetros, dando conclusão ao ato final, que e a vitoria.

Um povo ordeiro, sem maldade, sem rancor, sem paz, sem amor, um povo sem nada! Vitima de uma classe hipócrita, egoísta, sem caráter, sem pudor, sem amor, sem classe, sem condições nenhuma de dirigir nem a limpeza de seus banheiros totalmente sujos. Portanto este povo tem em suas mãos uma oportunidade única, de libertação, de livramento, de ter suas vidas em suas mãos, de ter o controle dos seus, e de tudo o que lhes pertence, um povo que acordou, e que não dormira mais, até que seja devolvido, tudo o que lhes pertence, o controle de suas ações, seus direitos, seus deveres para com toda a sociedade, que cada membro pertence, trazendo novamente vida e vida com liberdade, com paz, com amor, com direitos, com deveres, comunidades com o controle de seus atos, cidades medias, com o controle de suas ações, cidades grandes com o controle de seu desenvolvimento, metrópoles, com a direção de seus caminhos, juntamente com todo o sistema operante de pequenas e grandes vias, trazendo um progresso um desenvolvimento para tudo e todos, em proporções de grande alegria para um todo e para todos. Um povo que aprendeu com os erros do passado, e que não aceitam mais a covardia e apoderamento de todos os segmentos de um sistema, onde os lobos se juntaram para festejar e repartir os despojos de uma batalha, covarde, desleal, desumana, de baixo calão, como e o agir de todos os poderes, que andam na contramão deste povo ordeiro, honesto, trabalhador, puro, gentil, amoroso, amável, integro, bom. Que foi usado por todos esses dias, por classes politicas, de todos os escalões, juízes, de todos os escalões, desembargadores, de todos os escalões, funcionários públicos, de todos os escalões, sendo que são; maus, desumanos, covardes, mal caráter, sem pudor, sem respeito, sem todas as condições mínimas, de um ser humano, de baixo calão. Portanto, o povo, precisa urgentemente, se organizar, se agrupar, se unir, contra todas as mazelas, que existem em todas as unidades da federação, para tomar o controle das mãos das tais mazelas, que ora, se instalaram e se uniram, protegendo se todos os que fazem parte de todo o tipo de subtração, onde os tais lobos, independentemente do escalão em que se encontrem, usurpam sem piedade, saqueando, roubando, extorquindo, debandando, escondendo, os recursos desta gente ordeira e gentil, à qual não aprendeu a se defender, destes lobos devoradores, que já amanhecem buscando a quem possa tragar, só se satisfazem com o mal, sendo que todas as obras deles, individualmente e coletivamente, juntamente com todos os seus. São de péssima qualidade, se alegram com os maus procedimentos, amam a mentira para encobrir suas mas obras, matam milhões de seres indefesos e inofensivos, praticam todo o tipo de maldade, tudo o que e mau, todos eles praticam, sem se importar, com o seu vizinho, a pessoa que esta do seu lado. Portanto a esse povo gentil e ordeiro, só resta uma saída, apenas uma luz no final do túnel. Tomar de volta o que e seu. Serem empossados em seus verdadeiros cargos, de detentores do direito de fato. Trazer a paz, o controle, o amor, a amizade, o respeito, o pudor, tais coisas que foram perdidas com a inclusão dos tais lobos de todos os poderes, pelos detentores do direito de fato. A hora e esta, na próxima oportunidade, esse povo gentil, não poderá passar esta única oportunidade que hora estará em suas mãos, sendo que outra oportunidade, na atual conjuntura, em que se encontra o nosso belo e sofrido país, demorara um tempo longo, para um ajuste, ao qual será necessário fazer; a nossa hora chegou, vamos nos unir, tomar de volta o que e nosso, expulsar, todos os lobos existentes nos poderes, e uma chance única, talvez não teremos outra. E a ultima cartada, e o xeque mate, portanto, precisamos nos unir em prol de um bem maior, que e a nossa pátria, nossos filhos, nosso povo, o limite do limite, já se passou a anos, não temos mais o que esperar, vamos rumo norte, a vitória, que será nossa com toda certeza, o que precisamos e de mais brio, entre nós.

Denunciar conteúdo

Tem algo a dizer? Esse é seu momento.

Se quer receber notificações de todos os novos comentários, deve entrar no Beevoz com o seu utilizador. Para isso deve estar registado.